quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Campanha de Missões Estaduais RR . 2011

Campanha de Missões Estaduais 2011
RORAIMA

Tema: Queremos Roraima Salva por Jesus

Divisa: "O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se". (IIPedro3:9)



Campanha Missões Estaduais PA . 2011

Campanha de Missões Estaduais 2011
PARÁ


Tema: Mais de Cristo no Pará

Divisa: "Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá". (Isaías 55:3a)

Hino Oficial: 'Há vida em Jesus'
Vou contar aos que me cercam que há vida em Jesus
Vou mostrar-lhes o caminho que ao Salvador conduz
Vou contar a bela história que redime o pecador
Demonstrando a cada dia de Jesus o grande amor

Bem alto vou cantar que há vida em Jesus!
O mundo transformar ser sal da terra e luz
Ao que anda no caminho que à morte e à dor conduz
Irei agora proclamar que há vida em Jesus!

Das crianças aos idosos eu irei testemunhar,
Aos meus pais irmãos e filhos de Jesus o amor sem par.
No trabalho na escola onde quer que eu me encontrar
de Jesus e seu amor com ousadia vou falar.

Ao famintos aos doentes aos que estão na solidão
Aos que dormem nas calçadas, aos que sofrem na prisão
Ao que anda afastado dos caminhos do Senhor
Provarei com minha o que faz de Deus o amor












terça-feira, 30 de agosto de 2011

Campanha de Missões Estaduais RO . 2011

Campanha de Missões Estaduais 2011
RONDÔNIA



Tema: Evangelizar Rondônia é Nosso Desafio
Divisa: "Pois nós não podemos deixar de falar das coisas que temos visto e ouvido." (Atos 4:20)

Campanha de Missões Estaduais TO . 2011

Campanha de Missões Regionais 2011
TOCANTINS



Tema: Amar e Fazer Missões é Meu Dever

Divisa: “Porque, se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o Evangelho!”  (I Coríntios 9:16).

Hino Oficial: Eu Amo, Eu Faço*

Nesta terra alvissareira e tão querida
A tarefa é amar, fazer Missões
É o grande imperativo do bom Mestre
Desafi o que comove corações.

Eis-me aqui! Eis-me aqui!
Amar, fazer Missões é meu dever.
Eis-me aqui! Eis-me aqui!
Quero, ó Senhor, cumprir o teu querer.

Proclamando a mensagem do Evangelho
Recebidos pelo Pai em glória estão
Pioneiros que tombaram neste Vale,
Cujas vidas foram grande inspiração.

Vamos todos no poder de Jesus Cristo,
Pregar nas cidades, vilas e aos confi ns
Conquistando, através do Evangelho,
Esta vasta região do Tocantins

* Canta-se com a Melodia de José Ripoli usada para o Hino:
 “Meu Brasil, grande nação, pátria sublime”.


Campanha de Missões Estaduais AM . 2011

Campanha de Missões Estaduais 2011
AMAZONAS




Campanha de Missões Estaduais DF . 2011

Campanha de Missões Estaduais 2011
DISTRITO FEDERAL



Tema: É Chegado o Tempo dos Frutos
Divisa: "E, chegando o tempo dos frutos, enviou os seus servos aos lavradores para receber os seus frutos". (Mateus 21:34)

A vida dinâmica de um agricultor sabe o que essa frase significa, bem como, ele conhece a satisfação que os frutos trazem. A colheita é muito significativa para o empreendedor. Foi o que Jesus disse: “Quem ceifa já está recebendo recompensa e ajuntando fruto”. O Brasil é um país sobre modo agrícola, sua extensão territorial é suficiente para semear e ceifar o tanto quanto se necessita, produzindo riqueza para cada cidadão. No entanto, o Brasil ainda abriga a fome. Falta o pão de cada dia, falta saúde, falta escola, falta o Senhor no coração da nação. Nós somos essa nação e temos o Senhor no coração, tão somente, precisamos fazê-lo conhecido!

O nosso campo missionário é uma terra propícia ao plantio da Palavra do Evangelho. É vontade divina que semeemos a Palavra de Salvação. Imagine a Palavra como um saco de grãos a ser plantado. Cada cavidade na terra receberá um grão. No dizer de Jesus: a cavidade é o coração humano e o grão é a Palavra de Deus. Fazer a cavidade e plantar o grão dá trabalho. Exige muita oração; cultivo de relacionamentos; estudo bíblico; elucidação de dúvidas; acompanhamento e mais...

Agora, Jesus diz que fomos enviados a ceifar. Vamos colher onde não plantamos! Essas palavras do Mestre se relacionam às vidas que devem ser salvas pelo poder do Evangelho e nós somos os trabalhadores enviados para esse fim. Dar frutos é um privilégio e não dar frutos é um risco iminente. Dar frutos é servir a Deus. Jesus disse: “Se alguém me quiser servir, siga-me; e onde eu estiver ali estará também o meu servo; se alguém me servir, o Pai o honrará”. Dar frutos é uma via de mão dupla. Você honra a Deus e por Ele é honrado.

Pastor Washington Luiz da Silva





??

Campanha de Missões Estaduais GO . 2011

Campanha de Missões Estaduais 2011
GOIÁS



Tema: Junto Avancemos, anunciando Cristo em Goiás
Divisa: "Para que todos seja um, assim como Tu, ó Pai, o és em mim e eu em Ti; que também eles seja um em nós; para que o mundo creia que Tu me enviaste." (João 17:21)
.
Comecemos com uma singela pergunta: o que uma Igreja local espera da sociedade na qual está inserida: NADA! Caso seja esta a resposta, provavelmente essa sociedade olhará para igreja e nada esperará dela. A contrapartida da sociedade que percebe a não integração da igreja é, com o tempo, desprezá-la.

Fica difícil pensar em numa igreja que tem uma missão local, no entanto, não se integra com a sociedade, nem sequer dialoga. Pela própria natureza da igreja, é impossível pensar nela e admiti-la rouca, muda, amuada, sem expressão e sem razão para existir onde está.

Quando sugerimos que a igreja local tem responsabilidades sociais, queremos afirmar que essa relação é inerente à missão da qual a igreja é detentora. A missão local de uma igreja é justificada quando se considera a sociedade ao seu redor. A riqueza da ênfase batista na autonomia local da igreja tangencia a contextualização de cada igreja para atender a sua realidade específica. Isto é, cada igreja batista deve observar o seu contexto social e agir para atender as suas realidades. Enquanto age, a igreja testemunha a sua fé e os seus valores.

A igreja, que age na sociedade de maneira consequente, pode e deve exigir dela coerência. A igreja, que participa para melhoria do bairro no qual está inserida tem autoridade para repreender os detratores do mesmo bairro. A igreja, que é administrada com lisura e transparência, pode e deve exigir órgãos públicos o mesmo proceder na condução da administração pública. A igreja, que cria programas eclesiásticos geradores de saúde física, mental e espiritual, pode e deve se transformar como uma frente ousada contra a cultura de morte. Diríamos mais, a sociedade espera isso de nós, igreja evangélica, igreja batista. Espera porque precisa.

É necessário que nos transformemos, enquanto igreja batista local, numa voz de autoridade nos contextos onde estivermos. Autoridade ética parece estar escassa, mais acentuadamente quando se refere a instituições. Há muita descrença nas instituições por conta dos interesses não declarados de certos associativismos. Então – pensam alguns – as instituições são contraditórias e não confiáveis, inclusive a igreja evangélica.

No caso da igreja batista local, ela é “chamada para fora’. A imagem negativa que a sociedade pode vir a criar da igreja, por certo, criará obstáculos enormes para o programa de evangelização da igreja.

Portanto, imagem social da igreja e cumprimento da missão local são questões integradas. Para desfazermos preconceitos construídos ao nosso respeito, só através da convivência.

Texto extraído e adaptado,
Da Campanha de Missões Estaduais CBGO | 2011
“PIB em Itumbiara, uma igreja ativa e atenta”



domingo, 28 de agosto de 2011

Campanha de Missões Estaduais MT . 2011

Campanha de Missões Estaduais 2011
MATO GROSSO


 
Tema: CRISTO, Vida Plena para Mato Grosso - faça disso sua missão
Divisa: "... eu vim para que tenha vida, e a tenham em abundância" (João 10:10b)


De acordo com o calendário da CBCA, no mês de Julho iniciamos a Campanha de Missões Estaduais, com o objetivo de alcançarmos um alvo de R$ 154.000,00 afim de ampliarmos nossas aplicações em missões no Estado de Mato Grosso. Apesar de realizarmos 47 convênios missionários, formando uma parceria entre CBCA, Associações, Igreja e Congregações, há ainda muitos municípios a serem alcançados pelos batistas mato-grossenses e esta campanha permitirá que mais recursos sejam aplicados na expansão do reino e do trabalho batista neste imenso e pujante estado, que cresce a passos largos.

Cada membro de uma igreja batista tem a oportunidade de participar, orando pelos imensos desafios que temos pela frente, intercedendo de maneira que Deus abençoe este ano e que cada batista se sensibilize e venha participar efetivamente deste desafio. Pode também, enviar sua oferta missionária, ou ainda, adotar um missionário, através do PAM Estadual (Programa de Adoção Missionária).

Venha somar conosco, ore, divulgue e participe.

Convenção Batista Centro América

Dia a dia fazendo missões!


Campanha de Missões Estaduais MS . 2011

Campanha de Missões Estaduais 2011
MATO GROSSO DO SUL



Tema: CELEBRANDO a história, TRANSFORMANDO pessoas, PRESERVANDO a vida

Divisa: "A nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre as nações: Grandes coisas fez o Senhor a vós que sois geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz, na esperança de que também a mesma criação será libertada da servidão da corrupção, para a liberadade da glória dos filhos de Deus." (Salmo 126:2 | I Pedro 2:9 | Romanos 8:21)





Campanha de Missões Estaduais ES . 2011

Campanha de Missões Estaduais 2011
ESPÍRITO SANTO



Tema: Avancemos Sem Impedimento
Divisa: "Pregava o Reino de Deus e ensinava a respeito do Senhor Jesus Cristo, abertamente e sem impedimento algum" (Atos 28:31)
Hino Oficial: 'Avancemos sem impedimento algum' - (letra e música: Sabrina Fernandes)


Para que possamos avançar na do Reino de Deus em terras capixabas, sem impedimento algum, precisamos olhar para Jesus e fazer como ele fazia. Jesus “andava visitando todas as cidades e povoados. Ele ensinava nas sinagogas, anunciava a boa notícia sobre o Reino e curava todo tipo de enfermidades e doenças graves das pessoas. Quando Jesus viu a multidão, ficou com muita pena daquela gente porque eles estavam aflitos e abandonados, como ovelhas sem pastor. Então disse aos discípulos: A colheita é grande mesmo, mas os trabalhadores são poucos. Peçam ao dono da plantação que mande mais trabalhadores para fazerem a colheita” (Mateus 9:35-38).
.
Depois que Jesus retornou para o céu e enviou o Espírito Santo, os seguidores de Jesus Cristo, inclusive o apóstolo Paulo, continuaram a obra iniciada pelo Mestre. Ao longo dos últimos dois milênios, tem sido provado que “nada que os homens são capazes de fazer é suficiente para impedir o progresso e a vitória final do evangelho”.
.
A maioria dos comentaristas bíblicos afirma que Lucas não escreveu uma conclusão da história da Igreja, no livro de Atos. A história continua. Deus está movimentando o seu povo para continuar a proclamação do Reino de Deus, testemunhando de Jesus Cristo.
.
Paulo e os demais apóstolos fizeram a sua parte. Ultrapassaram todos os obstáculos que se apresentavam para eles. Ao longo dos séculos isso tem acontecido por aqueles que têm levado a sério o seu compromisso com Cristo.
.
Agora é a nossa vez de fazermos a nossa parte, para que possamos avançar, também ultrapassando com coragem todos os obstáculos que se apresentam diante de nós.

Valdir Stephanini,
pastor da Primeira Igreja Batista da Cidade da Serra e professor do CETEBES
(Centro de Educação Teológica Batista do Estado do Espírito Santo).








Campanha de Missões Estaduais RJ-Carioca. 2011

Campanha de Missões Urbanas 2011
Convenção Batista Carioca



Tema: Tempo de Unidade para Salvar a Cidade

Divisa: "Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim."  (João17:23 )

Hino Oficial: 'Cântico da Colheita'
.
-------------------------------------------
.
MISSÕES URBANAS 2011 Tempo de Unidade para salvar a Cidade. Muitos são os dasafios que se põe à nossa frente, seja como igreja de Cristo, em sua estrutura física ou como igreja de Cristo como indivíduo. Temos notado que a sociedade tem se tornado cada vez mais pluralista, mas, a despeito disso, nós, como indivíduo, temos nos fechado cada vez mais, a indivídualidade ressalta! Nós, como salvos em Cristo, feitos à imagem e semelhança dele, estando nEle e experimentando o amor dEle, temos a missão de transformar essas história e refazê-la segundo os conceitos cristãos. Assim, a divisa encontrada em João 17.23: "Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim", nos lembra de onde viemos e para onde vamos. Faça hoje mesmo MISSÕES URBANAS.


terça-feira, 23 de agosto de 2011

Campanha de Missões Estaduais RJ-Fluminense . 2011

Campanha de Missões Estaduais 2011
Convenção Batista Fluminense - RJ


Tema: Deus, Conte Comigo

Divisa: "Eu amo o povo fluminense e por isso não me calarei; não descansarei até que sua vitória brilhe como o sol, a sua salvação brilhe como uma tocha acessa". (Isaías 62:1 NTLH)
.

Deus, conte comigo, mesmo com minhas limitações humanas
.

Desejamos com o tema da Campanha de Missões Estaduais de 2011 chamar sua atenção para algo muito importante. Será que estamos prontos para algumas declarações que geralmente fazemos? Deus pode contar mesmo comigo, com você ou esta é uma declaração emocional geralmente na hora de um apelo, por exemplo, quando emocionados vamos à frente fazendo mil promessas mas que depois caem no esquecimento. Queremos nesta Campanha não só declarar ao Senhor este compromisso com Ele mas fielmente vivê-lo em nosso dia a dia.
.

Reconhecendo que o mundo que nos rodeia está em trevas, densas trevas, esta deve ser a motivação para minha declaração, reconhecendo também que Deus concede-nos o inaudito privilégio de representá-lo mostrando ao mundo a sua luz, sim porque Ele não precisava de nós, apenas quis dar-nos este gozo inefável de sermos seus representantes.

Queridos irmãos, alcemos bem alto a luz de Cristo e veremos confirmada a declaraçãodo verso 2 deste mesmo capítulo: “E as nações verão a tua justiça, e todos os reis a tua glória”.
.

Não perca esta oportunidade, seja o portador desta luz, leva-a o mais longe que você puder. Com orações, ofertas e dedicação de sua vida.
.

Deus espera que lhe sejamos fiéis quando diz, em Eclesiastes 5.4: “Quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo; porque não se agrada de tolos.
.

O que votares, paga-o. Melhor é que não votes do que votes e não pagues”. Que o Senhor desta grande obra se alegre com nossa declaração, “Deus, Conte Comigo”, por ser esta a expressão de fidelidade, compromisso e amor a Ele encontrada em cada servo seu!
. 

Dulcinéa Barros da Silva
.




Campanha de Missões Estaduais MG . 2011

CAMPANHA DE MISSÕES ESTADUAIS 2011
MINAS GERAIS


Tema: "Conquistar MINAS para Cristo: NOSSO DESAFIO"

Divisa: "No entanto os que foram dispersos iam por toda parte, anunciando a palavra." Atos 8:4

Palavra do Coordenador do Comitê de Evangelismo e Missões: O ARDOR MISSIONÁRIO EM AÇÃO
“No entanto, os que foram dispersos iam por toda a parte anunciando a palavra.” (Atos 8.4)

Quando estudamos o Novo Testamento, passamos a conhecer o ardor missionário estampado nas páginas da Palavra de Deus, começando com Jesus, expressão máxima do amor de Deus em favor do homem perdido nos próprios pecados.

Os anjos trouxeram novas de alegria para o povo, dizendo que em Belém nascera o Salvador, Cristo Jesus, o Senhor (Lucas 2.10-11). A partir desse momento, o mundo passou a ser diferente, pois o profeta Isaías afirma: “O povo que andava em trevas viu uma grande, e sobre os que habitavam na região da sobra da morte resplandeceu a luz” (Isaías 9.2). O nascimento de Jesus trouxe esperança para os banidos pelas trevas do pecado, para os derrotados e destruídos por todo tipo de pecado imaginável e inimaginável.

A busca do pecador é uma ação missionária de Deus. Em João 3.16 e Lucas 19.10, encontramos a razão pela qual Jesus veio ao mundo. Ele, além de cumprir o projeto divino, compartilhou o ardor missionário com seus discípulos de tal modo que eles o tomaram como prioridade espiritual em suas vidas, compartilhando o amor divino com os necessitados da graça salvadora de Jesus Cristo.

Quando os cristãos foram dispersos de Jerusalém, a Bíblia afirma que eles iam por toda parte anunciando o evangelho (Atos 8.4). Mesmo fugindo da perseguição que lhes fora imposta, eles mantiveram o foco, anunciando a palavra em toda parte.

Nesse mesmo livro encontramos outra manifestação do ardor missionário através de Filipe, que anunciou as Boas Novas de salvação na cidade de Samaria e, como resultado dessa anunciação “as multidões unanimemente prestavam atenção ao que Filipe dizia, porque ouviam e viam os sinais que ele fazia. E havia grande alegria naquela cidade” (Atos 8. 6; 8).

Além dessas citações bíblicas que revelam o amor à obra missionária dos cristãos primitivos, encontramos a mais contundente declaração de responsabilidade perante os pecadores expressa pelo apóstolo Paulo, quando diz: “Se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois sobre mim pesa essa obrigação; porque ai de mim se não pregar o evangelho! (I Coríntios 9.16)

A consciência a respeito da missão dada pelo Senhor Jesus fez e faz de seus discípulos porta-vozes da mais significativa mensagem que este mundo precisa ouvir. Jesus comissionou seus discípulos para proclamarem o evangelho em todo o mundo (Marcos 16.15), afirmando que o evangelho seria pregado em testemunho a todas as nações, vindo então o fim (Mateus 24:14).

Portanto, cabe a mim e a você, crente em Cristo Jesus proclamar o evangelho da salvação aos perdidos, e isso devemos fazer com amor, compaixão e ardor, pois missões é projeto de Deus para nossas vidas.

Eu faço parte dessa missão. E você?







domingo, 21 de agosto de 2011

Campanha de Missões Estaduais SP . 2011

Campanha de Missões Estaduais 2011
SÃO PAULO


Tema: Não Há Mais Tempo, São Paulo Tem Pressa!
Divisa: "Pregue a Palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo". (II Timóteo 4:2a)

“Vamos direto ao assunto” – expressão que surge quando os circunstantes de um diálogo, ou mesmo numa reunião com mais pessoas, numa conversa, querem evitar rodeios e manifestam o desejo de chegar finalmente à conclusão do assunto.
Muitos, inclusive, se mostram deselegantes e sem qualquer cerimônia interrompem quem tem a palavra, visando não perder tempo, e de pronto expressam: “vamos direto ao assunto!”.

Esse comportamento é uma mostra da pressa que muitos têm. Ficar em círculos para falar de um descontentamento, para expressar uma opinião, para apresentar uma sugestão, não tem sido muito aceito nas nossas relações. Vivemos um tempo que se apresenta caro para ser perdido com considerações intermináveis. Aqui também vale a aplicação do tema.

Vamos direto ao assunto! Sem perda de tempo. Trabalhamos intensamente no ano findo com o tema de Missões Estaduais que nos chamava para considerarmos o esgotamento do tempo, diante das tarefas recebidas como crentes, diretamente do Senhor Jesus. Dizia o tema: Não há mais tempo: São Paulo tem pressa. O ano de 2010 passou vertiginosamente. Se naquele ano não havia mais tempo, neste ano de 2011, o tempo já inexistente, isso é evidente. Por isso mesmo, estamos registrando essa verdade de maneira repetida, em 2011. Não há mais tempo: São Paulo tem pressa! O tema nos acompanhará novamente no ano corrente. Isso não pode ser apenas uma frase inconsequente. O fato de não haver mais tempo tornou-se para muitos uma tragédia, pois no tempo que tinham, não conheceram a Jesus.

O tempo acabou para aqueles que perderam suas vidas. E milhares no nosso Estado foram incluídos nas estatísticas dos que morreram e agora são contados como números, estão sem qualquer esperança, sem qualquer nova oportunidade; não há mais tempo para eles. Se não fizemos a nossa parte, resta-nos pedir perdão a Deus. Ele nos concederá o perdão, contudo, quem não foi alcançado pela salvação que não apresentamos agora sofre a separação eterna de Deus. Não há mais retorno desse estado.
E aquele lar desfeito que mergulhou os seus integrantes nas lágrimas, na solidão, na desesperança, tantas vezes por lhe faltar orientação, o norte que a Palavra de Deus dá?
Para este não há mais tempo. Como consequência, entregou os seus filhos a um futuro incerto. Esgotou as possibilidades da conciliação. Gritamos pela pressa que havia. Falamos que não havia mais tempo. Que pena! A soma dos divorciados aumentou. Mas, não somente isso, a soma das crianças sem referenciais para a vida também aumentou. O ano de 2011 também se apresenta e, pelo passar dos seus dias, a pressa continua. Não se pode cochilar. Não há tempo a perder. Vamos direto ao assunto.

O tempo é cruel. Ele passa ligeiro. Ele vai tirando as oportunidades. Ele esgota as energias. Ele não espera. Por isso mesmo, pregue a Palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo. Foi Paulo, o apóstolo, que inspirado pelo Espírito Santo escreveu 2 Timóteo 4.2a. Suas instruções foram dadas ao então jovem Timóteo. O tempo passou para Paulo, para Timóteo e tenho certeza, também para mim e para você. Já não há mais tempo para fazer muitas coisas. As oportunidades passaram. Daí, a pressa que persiste, em São Paulo, neste ano de 2011.

Pregue a Palavra! Vamos direto ao assunto, não há tempo a perder!

Pr. Valdo Romão
Diretor Executivo da CBESP




Campanha de Missões Estaduais RS . 2011


Campanha de Missões Estaduais 2011
RIO GRANDE DO SUL

Tema: Por Amor à Nossa Gente, Pela Vida em Nosso Chão
Divisa: "O Senhor abençoará os seus celeiros, a tudo que as suas mãos fizerem e os abençoará na terra que lhes deu" (Deuteronômio 28:8)

O Rio Grande, além de suas exuberantes belezas naturais, é marcado por uma cultura distinta e uma rica simbologia. Seja pelo cavalo fiel companheiro de lida campeira, pelo amargo e hospitaleiro chimarrão, pela pilcha como traje de gala, pela literatura célebre, pelo folclore e suas lendas, pelo futebol e peleias campais, pela beleza da mulher gaúcha, pelos homens aguerridos e trabalhadores, pelas singularidade de nossa música, churrasco, fogo de chão, líderes, bandeira, quero-quero...
Nossa história é marcada de lutas e conquistas, com homens que pleitearam pela construção e consolidação do Estado e do Brasil. Por tudo isso, exaltamos nossas conquistas e valores.

São estes exemplos e valores, firmados com o exemplo maior de Jesus Cristo, que nos motivam a declarar nosso AMO pelo POVO e pelo CHÃO de nosso Estado. É por amor ao que somos e ao que temos, abençoados pelo Senhor, que desejamos levar a esperança e alegria do Evangelho a todos os cantos desta querência.

É chegada a hora, como gaúchos de berço e coração, de pôr em prática o amor pela nossa gente, preservando a natureza de nosso chão, de ver brotar vida plena em cada prenda e peão. POR AMOR À NOSSA GENTE e PELA VIDA EM NOSSO CHÃO, avancemos; Deus irá à frente guiando e abençoando a missão.



clique na imagem do PAM-RS




Campanha Missões Estaduais SC . 2011

Campanha de Missões Estaduais 2011
SANTA CATARINA

Tema: Plantando para Colher
Divisa: "Levantai os vossos olhos, e vede os campos, que já estão brancos para a ceifa" (João 4:35)

Para mais informações ou para solicitar seu boleto para contribuição, PAM - Programa de Adoção Missionária, Catarinense:
e-mail cbcatarinense@gmail.com ou pelo telefone (48) 3047-1632.

Blog da Convenção Batista Catarinense:










sábado, 20 de agosto de 2011

Escola da Vida (MPC)

O Projeto Escola da Vida é realizado pela MPC Brasil (Mocidade para Cristo).

A MPC é uma organização cristã interdenominacional e sem fins lucrativos, integrante do ministério Youth for Christ International, presente em mais de 90 países. No Brasil, a MPC consolidou-se há mais de 50 anos tendo, hoje, filiais em todo o país. Hoje o trabalho da MPC tem se concentrado em alcançar os jovens e adolescentes em suas escolas com uma mensagem de amor e esperança.

Missão
Atuar no Corpo de Cristo, dedicados e comprometidos com a evangelização de jovens, apresentando-lhes a pessoa, a obra e os ensinamentos de Jesus Cristo, e discipulando-os a tornarem-se membros ativos da Igreja.

Visão
Cada jovem / adolescente, em cada grupo de pessoas, em cada país / cidade terá a oportunidade de ser um seguidor de Jesus Cristo.

Lema
"Ao compasso dos tempos, mas ancorada na Rocha"

Para mais informações acesse o site oficial: http://www.mpc.org.br/ 
e http://www.portalescoladavida.com.br/index.php


Escola da Vida [Oficial] from Escola da Vida on Vimeo.


Fonte: recebido indicação de video e site via e-mail da minha irmã e amiga Rosane Pessanha

domingo, 7 de agosto de 2011

Projetos em expansão - GUINÉ


O casal missionário Filipe e Anne Santos, enviados pela JMM à República da Guiné, coordena várias atividades ministeriais naquele país africano. Entre as responsabilidades dos missionários estão a coordenação do Projeto Radical - Voluntários Sem Fronteiras, o PEPE (Programa de Educação Pré-Escolar)  e a tradução de materiais e evangelísticos para o sussu, idioma mais falado na Guiné.

Os Radicais estão em fase final de adaptação à cultura, ao aprendizado do idioma e aguardam apenas a definição da localidade para onde seguirão. "São muitos detalhes a serem resolvidos, mas nos alegra o fato de ajudarmos esses jovens em sua caminhada ministerial aqui na Guiné", disse Filipe Santos - que foi missionário do Projeto Radical entre 2005 e 2007.

Anne Santos coordena o trabalho com as crianças em Forecariah. Aos sábados, ela e uma irmã da igreja local reúnem cerca de 50 crianças do PEPE da cidade para contar histórias bíblicas, ensinar versículos, cantar e brincar. "O número de crianças tem aumentado a cada semana. As pessoas da cidade estão felizes em ver pessoas comprometidas em ensinar as crianças no caminho de Deus", contou a missionária. Ela ainda se dedicou, durante o ano de 2010, à tradução do Novo Testamento em sussu. Em março, um culto de dedicação na IB de Forecariah emocionou os presentes. "Foi um momento especial ver a Palavra de Deus ser entregue a pessoas que, há algum tempo, sequer tinham acesso a ela", revela o missionário Filipe Santos.

Fonte: A COLHEITA - revista do PAM (Programa de Adoção Missionária)
Ano VIII - Nº 39 - Maio / Julho - 2011


Clubinho Missionário: TAL PAI, TAL FILHO

Texto: Sandra Belonce
Ilustrações: Hudson Silva


clique na imagem para ampliá-la

Fonte: Revista PÁTRIA PARA CRISTO, Ano LXI nº 244 - Maio a Agosto/2008