domingo, 31 de julho de 2011

Festa e despedida na Igreja Batista da Barreirinha


.
No dia 30 de Julho de 2011 a Igreja Batista da Barreirinha, em Curitiba-PR, ofertou ao Senhor Jesus Cristo um culto de gratidão pelas vidas de seu pastor e família (Pr. Rawderson Rangel, Mayre, Pedro e Anne), também se despedindo desta amada família que ouviu o chamado e se prontificou a ir "por todo o mundo" pela JMM (Junta de Missões Mundiais).
.
A família irá passar alguns meses no CIEM, Rio de Janeiro, antes de partirem rumo ao Chile, a princípio o campo missionário.
.
O culto de gratidão foi ministrado pelo pastor Luiz Roberto Silvado, da PIB de Bacacheri.
.
Texto base em ATOS 13:1-12
- Quando a está igreja viva o Espírito Santo tem liberdade para falar e ser ouvido; a igreja está disposta a servir a Deus.(vrs. 2 e 3).
.
- O Espiríto Santo revela Sua vontade a igreja (Atos 14:26, 27), que Deus exige ousado passo de fé.
.
- Chamado de Deus é revelado depois de jejuar e orar. (vrs. 3a).
'Jejuar é uma ação negativa (abstenção de comida e outras distrações) em função de uma ação positiva (culto e oração)' John Stott.
.
- Espírito Santo comissiona os missionários, porém a igreja local os envia. (vrs. 3b).
.
- Quando a igreja está viva sabe que está em batalha espiritual.
- Vencemos a batalha espiritual com a Palavra de Deus. (vrs. 7c).
.
EFÉSIOS 6:8-13
.
- Quando a igreja é viva, sabe que a vitória é do Senhor. Temos que lutar na força do Senhor!
.
- Uma igreja ouve a voz de Deus e obedece, envia os que são chamados por Deus e os sustenta.

Caso você queira participar do sustento desta família missionária, seja em intercessão, ofertas ou até mesmo sendo voluntário no campo missionário, entre em contato com: pastor Rawderson no
com a JMM 2122-1910 (de cidade com DDD 21) ou 0800 709 1900 (das demais localidades), ou ainda pelo e-mail pam@jmm.org.br
.



quarta-feira, 27 de julho de 2011

Orando pelas TRANS - Sua oração impacta a ação missionária nos campos

Segunda-feira, 25 de julho de 2011

"Irmãos, orem por nós, para que a palavra do Senhor se propague rapidamente e receba a honra merecida, como aconteceu entre vocês. Orem também para que sejamos libertos dos homens perversos e maus, pois a fé não é de todos. Mas o Senhor é fiel; Ele os fortalecerá e os guardará do maligno." (II Tess 3.1-3)

"Queridos intercessores, grandes coisas o Senhor tem feito nas TRANS e com certeza continuará fazendo se permanecermos em oração!", afirmou a missionária voluntária Rosemeire Rodrigues, coordenadora do programa de intercessão de Missões Nacionais, que apresenta os motivos abaixo para que interceda por eles e leve também sua igreja a fazê-lo.

PARA INTERCEDERMOS
- Para que nosso Deus abra as portas a fim de que haja testemunho de Sua grandeza dando palavras corretas a cada voluntário;
- Pela saúde dos voluntários e seus familiares, para que continuem perseverando com alegria;
- Para que todas as artimanhas malignas sejam repreendidas pelo poder do nome de Jesus;
- Pelos estudos bíblicos que estão sendo realizados, para que Deus capacite cada voluntário ao ministrar Sua palavra;
- Pelas pessoas que estão recebendo os estudos bíblicos, para que Deus dê entendimento de Sua palavra;
- Pelos novos convertidos das TRANS para que sejam fortalecidos com todo o poder;
- Pelos líderes locais (pastores e missionários), que o Senhor intensifique seu amor pelas pessoas acompanhando-as em todas suas necessidades;
- Pelas TRANS que ainda estão acontecendo: Acre, Rio de Janeiro, Litoral Paulista, Oeste Mineiro, Mato Grosso do Sul, Goiás, Brasília (em especial pelo Vale do Amanhecer) e Santa Catarina;
- Pelo projeto de evangelização em Pranchita (PR).

PARA AGRADECERMOS
- Pelos que já foram resgatados do domínio das trevas e transportados para o reino de Jesus Cristo, nosso senhor e salvador!

"Por essa razão, desde o dia em que o ouvimos, não deixamos de orar por vocês e de pedir que sejam cheios do pleno conhecimento da vontade de Deus, com toda a sabedoria e entendimento espiritual." (Col 1.9)



terça-feira, 26 de julho de 2011

Alcançando Etnias no Norte do Chile

Visita evangelística a famílias locais
O Projeto Tarapacá para Cristo é uma ação evangelística que objetiva alcançar etnias esquecidas, especialmente o povo aymará, maior grupo da região Norte do Chile. Além dos chilenos, etnias peruanas e bolivianas, na tríplice fronteira, também são alvos do projeto. Coordenam o Tarapacá para Cristo, e suas subdivisões, o casal missionário Pastor Juan Carlos e Narrimãn Soares Nuñez, que contam com o auxílio de três casais de missionários da terra na execução das tarefas.

O subprojeto Esperança para os Aymarás está abrindo frentes missionárias entre este povo nas regiões da Arica e Iquique. Os missionários e voluntários evangelizam e apóiam as frentes missionárias abertas entre as comunidades do Deserto de Atacama. Além desse trabalho, foi implantado um Instituto Bíblico em Arica, com uma extensão em Iquique, para preparação de novos obreiros locais. Há ainda um programa de rádio e várias ações em vilarejos das duas regiões, onde os obreiros da terra dão assistência semanal.


Grupo de mulheres alcançadas pelo Projeto

Porém, faltam recursos para ampliar o alcance do projeto e avançar ainda mais, possibilitando a anunciação da salvação em Cristo para mais comunidades aymarás no Deserto de Atacama e na região fronteiriça do Chile, Peru e Bolívia.

Com sua ajuda faremos ainda mais!
Através do seu apoio e ajuda, sustentando financeiramente ou em oração, o casal de obreiros da JMM e os obreiros da terra poderão ampliar o Projeto Tarapacá para Cristo. Faça parte, você também, desse grande exército através do PAM!
Entre em contato com a Central do Adotante,
2122-1910 (de cidade com DDD 21) ou
0800 709 1900 (das demais localidades), e saiba mais sobre como ajudar este projeto.


segunda-feira, 18 de julho de 2011

Tem início a TRANS Santa Catarina 2011

Os Batistas adoraram ao Senhor no Culto de Abertura da Trans Catarinense no sábado dia 16/07 na Igreja em Carianos – Florianópolis durante a Festa da Amizade.

Pastores Jacques, pastor da Igreja Careanos e Pr. Helmuth Scholl, diretor de missões da Convenção Pioneira, saudaram os presentes que foram agraciados com músicas do Coral de Carianos e com um testemunho marcante da Missionária Soraia Machado, líder do Projeto Cristolândia. Pr. Jossemar, diretor da CBC (Convenção Batista Catarinense), traz uma palavra de saudação aos voluntários.

A Juventude esteve representada pela Banda do CONJUBAF e a diretoria pelos pastores Silas Timóteo e Robson Persola, vices presidentes da CBC.

Cerca de 30 pastores participaram do culto e intercederam pelos 80 voluntários que vieram de várias partes do Brasil. A representante da JMN e secretária da CBC, missionária Ronilce Ferreira demonstrou toda a sua alegria pelo apoio que os Batistas Catarinenses deram a abertura da Trans e já convida todos para o Culto da Vitória que será no dia 31 as 10 da manhã também em Carianos.

Vamos continuar orando para que o trabalho produza frutos nas Frentes Missionárias em Florianópolis, São José, Garopaba, Braço do Norte, Orleans, Cocal do Sul, Criciúma e Içara.









sábado, 16 de julho de 2011

Casa de Cultura para Surdos

Os surdos do Oriente Médio precisam receber as boas novas de Jesus



Os árabes acreditam que a surdez é uma maldição divina. Assim, os surdos no Oriente Médio vivem em completo desprezo no contexto familiar e social. Eles são excluídos da sociedade, não têm acesso à educação, formação profissional, artes, etc. Não têm influência social e são pobres, vivendo debaixo de muita rigidez. Há países onde, para cada 1.000 pessoas nascidas, cinco são surdas. A população de surdos é maior do que a população de cristãos.

A Casa de Cultura para Surdos é um local de encontro para a comunidade surda e procura cumprir o papel de uma grande família, ensinando os surdos a se relacionarem de maneira mais saudável em sociedade. São pessoas nascidas na Arábia Saudita, Emirados Árabes, Kewait, Palestina, Jordânia e de outros países. A grande maioria (98%) é mulçumana.

Inaugurada em abril de 2006, a Casa de Cultura para Surdos é frequentada, semanalmente, por cerca 40 surdos e tem uma rede de influência com 70 registrados. Nela são oferecidos: estudo bíblicos; aulas de sinais; aconselhamento; cursos de inglês, culinária e de teatro; trabalhos manuais; serviços de interpretação e palestras diversas. É necessário buscar os surdos em suas casas, para participarem dos cultos; os pais, principalmente de meninas, não permitem que elas andem sozinhas ou utilizem táxi. Isso tem sido uma dificuldade para a família missionária que, ás vezes, usa a Van emprestada para buscá-las.

Para que outros surdos conheçam ao Senhor Jesus como Salvador, os encontros serão realizados em outros locais do Oriente Médio. Na região não há interprétes da língua de sinais nas igrejas e os surdos estão completamente afastados desse ambiente. Há um número pequeno de surdos cristãos e a maioria deles imigra para outros lugares, como Estados Unidos ou Europa. Esse hábito dificulta o trabalho dos missionários.

A Casa de Cultura para Surdos deseja ver seus membros crescendo em termos sociais, mentais e educacionais, sendo capazes de se expressar na língua de sinais como um canal natural de comunicação entre eles. Pois, o melhor comunicador do Evangelho, para um surdo, é o próprio surdo. Por isso, a Casa de Cultura investe em evangelização, discipulado, treinamento e capacitação missionária de seus frequentadores.

Objetivos do Projeto
- Treinar e oferecer oportunidades aos surdos locais para trabalharem como guias turísticos de surdos e seus acompanhantes.
- Proporcionar a pesquisa e a documentação da Língua de Sinais local, especialmente para termos históricos, nomes e lugares bíblicos hoje existentes.
- Viabilizar o entendimento, a interação e a cooperação entre os surdos, oferecendo atividades educacionais, artísticas e espirituais.

Necessidades do Projeto;
- Pessoas para o trabalho. Atualmente eles contam com 6 pessoas, mas ainda precisam de 25 pessoas no estafe.
- Estabelecer uma grande rede de intercessores.
- Espaço físico - o atual é muito limitado - há necessidade de uma propriedade para abrigar pelo menos 200 surdos por semana.
- Equipamento de informática.
- Veículo próprio para o transporte dos surdos. De prefência uma Van, de nove lugares, que pode ser comprada com isenção de impostos.

Como você pode ajudar:
- Se apresentar como voluntário para trabalhar no projeto;
- Adotando o projeto em oração e financeiramente;
- Enviando equipamento de informática para a Casa de Cultura;
- Ajudar na compra do veículo para o projeto.



Se você deseja participar desse projeto,
ou ligue para a JMM
(21) 2122-1901 (de cidades com DDD 21) e
0800 709 1900 (das demais localidades)






terça-feira, 12 de julho de 2011

JESUS vida plena para a cidade!

.

22 de Junho de 2011 | Escrito por pastor Paulo Coutinho


Mês de missões estaduais!!!
.
Os batistas paranaenses, nestes meses de junho, julho e agosto, estarão respirando missões estaduais, refletindo e agindo em prol do nosso Paraná. Muito pode ser feito pelas igrejas visando à ampliação da ação missionária em nosso estado, através da criatividade e ações pró ativas com o intuito de ultrapassarmos nosso alvo.

As frentes missionárias e os projetos evangelísticos aguardam ansiosos pelos investimentos feitos pelas igrejas e mantenedores através do PAM, pois sem os recursos não mantemos e nem ampliamos, mas o amor por missões não nos deixa ficar de fora dessa festa.

As cidades clamam por paz, justiça e alegria no viver. Jesus responde e atende às necessidades das pessoas, por isso proclamemos que Ele é vida plena para a cidade.

Os desafios são grandes, mas as vitórias são maiores. Não nos cansemos de fazer o bem porque isso agrada ao Senhor.

Missões Estaduais está comprometida com as carências do Paraná, temos 10 cidades com populações acima de 10.000 hab. que ainda não tem trabalho batista, precisamos despertar e avançar, não podemos nos calar e nem cruzar os braços. Muitas são as pessoas que estão em busca da verdadeira esperança e nós temos a resposta para essa carência, Jesus nosso Senhor e Salvador.

Os alvos propostos são apenas parte do muito que podemos fazer. Os batistas paranaenses possuem uma força que ainda não colocamos em prática, há igrejas se envolvendo em vários projetos missionários, mas ainda existem àquelas que estão adormecidas, por isso neste ano a palavra é despertar, trazendo à tona o nosso valor missionário.

Somos hoje 36.000 batistas paranaenses, a média de oferta per capita é de R$ 7,05 por ano, uma realidade que precisa ser mudada. Se propusermos em nossos corações aumentar para R$ 15,00, ultrapassaremos o alvo de R$ 350, 000,00. O outro desafio é ampliarmos os mantenedores através do PAM para mais 3000 novos adotantes, com esse alvo alcançado conseguiremos investir em novos projetos de plantação de igrejas e projetos de evangelização para alcançarmos todas as cidades.

Seja você um participante ativo em missões através de suas orações pelos nossos missionários, pelos projetos em andamento e pelos que serão implantados, coloque-se diante do Senhor se você já tem um chamado missionário, pois os campos estão brancos para a colheita mais poucos são os ceifeiros e dedique seus bens ao Senhor para a obra missionária, faça um PAM estadual e incentive outros a fazerem.

Amados irmãos (ãs) esse é o tempo do Senhor para o nosso Paraná, usando nossas vidas para a evangelização das cidades, proclamando que JESUS é vida plena para a cidade.

Deus abençoe você e sua igreja, porque JUNTOS FAZEMOS MAIS!!!!


Pastor Paulo Eduardo de A. Coutinho
Diretor de Missões Estaduais


Campanha de Missões Estaduais 2011 - PARANÁ


segunda-feira, 11 de julho de 2011

Coordenação da Trans PE traça estratégias para garantir a qualidade da colheita

Quinta-feira, 7 de julho de 2011


A Trans Pernambuco está a todo vapor. Os voluntários já se encontram nas 12 cidades-alvos, somando hoje seis dias de ação missionária. Esse melhor aproveitamento no campo foi possível porque a coordenação do projeto decidiu realizar a recepção, treinamento e culto de comissionamento em um mesmo dia.

Ao todo, são 169 voluntários, representantes de 14 estados brasileiros. No dia 1º de julho, eles foram treinados em técnicas de evangelismo pessoal, recenseamento, caminhada de oração e estudos bíblicos. O período de capacitação ainda abordou uma questão de grande importância: a qualidade da colheita. "Aproveitando o que o pastor Fernando Brandão no expôs a respeito do que ele espera para as Trans 2012, desafiamos a todos os voluntários a estarem evangelizando apenas 05 pessoas por dupla", comentou o pr. Marcos Azevedo, coordenador regional de Missões em Pernambuco. Agindo assim, ele espera melhores resultados, ou seja, discípulos capazes de reproduzir com fidelidade as características do Reino.

No culto de comissionamento, pr. Mauricio Martins, gerente de Operações Missionárias da Junta de Missões Nacionais, foi orador oficial. Após sua mensagem desafiadora, seis vidas se apresentaram para serem Radicais no Recife. Em seguida, o pastor João Marcos, secretário geral da CBPE, acompanhado pelo pr. Marcos Azevedo, realizaram o comissionamento, orando pelas vidas que se colocaram à disposição do Senhor.

Ore ao Senhor, para que portas sejam abertas e a Palavra encontre abrigo nos corações alcançados por esta mobilização missionária.





domingo, 10 de julho de 2011

Atos de Adoração que Fazem Deus Sorrir (por Paschoal Piragine)

.
"Servi uns aos outros conforme o dom que cada um recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus" (I Pedro 4:10).

Observando a vida de Noé aprendemos cinco atos de adoração que fazem Deus sorrir e estes devem ser alvos para que todo aquele que deseja administrar com excelência os dons que recebeu.

Deus sorri quando o amamos acima de qualquer coisa e por isso espera que nosso amor se manifeste em todas as esferas da nossa vida: intelectualmente, apaixonadamente e de modo prático.

Deus sorri quando confiamos nEle completamente, mesmo quando o que passamos parece não fazer sentido. Confiar em Deus significa crer que Ele sabe o que é melhor para a nossa vida. É esperar o cumprimento de suas promessas mesmo que para isto seja necessário que Ele faça o improvável e o impossível.

Deus sorri quando o obedecemos incondicionalmente. Noé ainda não compreendia todas as coisas, mas porque ele confiava e amava a Deus ele obedecia. Assim somos nós, nem sempre compreendemos todas as ordens de Deus, mas porque o amamos e confiamos nEle obedecemos. Ser um adorador significa render-se totalmente a Jesus. Obedecê-Lo não somente no que você gosta ou quer, mas incondicionalmente.

Deus sorri quando O louvamos e damos graças continuamente. Deus se alegra quando expressamos a nossa gratidão, amor e louvor. Quando o nosso coração se enche de louvor e gratidão há uma manifestação de poder que provém do Espírito Santo de Deus sobre nós.

Deus sorri quando usamos as nossas habilidades para a Sua glória. Não existem habilidades não espirituais, somente habilidades mal usadas. Por isso, como adoradores que desejam servir a Deus segundo os dons que recebemos precisamos usar nossas habilidades para engrandecer o nosso Pai celestial e fazer diferença nesta terra.

Quer ser um bom despenseiro que faz Deus sorrir? Use seus dons e talentos com excelência e seja um referencial neste mundo tão turbulento.

Há muito tempo Deus deseja sorrir por você. Você gostaria de ser um adorador?

Pastor Paschoal Piragine Junior

Fonte: Manual do Congressista Louvação Global 2011 - Apresentação




sábado, 9 de julho de 2011

Projeto SURDOS DO SENEGAL - para que muitos ouçam de Cristo!



O Senegal tem mais de 12 milhões de habitantes e cerca de 20 línguas e dialetos. No país há um grande número de pessoas com deficiência auditiva. Elas têm pouco acesso à escola, especialmente os que moram nas aldeias longe da capital, Dacar. Os pais dos surdos, são superticiosos. Eles creem que seus filhos são amaldiçoados e, por isso, os escondfem da sociedade.

O casal missionário Walter e Alzira Freire desenvolve um projeto que visa atender às necessidades básicas desse grupo que muito sofre com a segregação e a falta de oportunidade. A Igreja Batista de Dacar, base do projeto missionário, foi a primeira, no país, a realizar o ministério com bolsa escolar e outros atendimentos.

Metas do projeto
#  Formação de multiplicadores
Um grupo de no mínimo 10 pessoas (nacionais) que seja aptas para se comunicarem por meio da linguagem de sinais. Eles serão os mobilizadores para que outras igrejas também formem equipes de trabalho para alcançar os surdos com a mensagem do Evangelho.

# Adoção de alunos
Através de doações de irmãos brasileiros algumas crianças podem ser adotadas pelos próprios missionários que atuam no Senegal. A adoção de uma criança surda é feita visando a alfabetização e a introdução dela na sociedade. É também um instrumento para que ela seja evangelizada e discipulada, pois será a maneira de os missionários manterem contato constante com as crianças e suas famílias.

Objetivo do projeto
# O projeto tem como objetivo mobilizar e treinar líderes de igrejas para o ministério entre os surdos e seus familiares e, assim, alcançá-los com a mensagem do Evangelho.

Necessidade do Projeto
# Construção de um Centro de Apoio ao Surdo
Um espaço para profissionalização, com aulas de informática, marcenaria, preparo de professores, além de atendimento de fonoaudiologia. O objetivo é preparar os surdos para o mercado de trabalho e promover sua inclusão social.

# Material didático para formação das equipes de multiplicadores

# Aquisição de uma casa e ajuda a um casal cristão que cuidará dos alunos

# Aquisição de um espaço para a montagem das oficinas para os cursos profissionalizantes

Os missionários Walter e Alzira Freire estão há sete anos no Senegal, trabalhando na implantação de igrejas, além de pastorear e coordenar turmas do Projeto Radical - Voluntários Sem Fronteiras que chegam ao país para adaptação à cultura africana. Compartilhar o amor de Deus através da ação social, num país com tantas carências, tem aberto as portas à pregação do Evangelho.

Como ajudar
Os missionários precisam de sua intercessão. Necessitam também de apoio financeiro para colocar o maior número possível de crianças surdas nas escolas locais.

Você pode participar deste projeto individualmente ou em grupo (classe da EBD, pequeno grupo, família, célula, etc) contribuindo com ofertas mensais ou dando uma oferta nesta ocasião.

Entre em contato com a Central de Atendimento da JMM
2122-1910 (de cidade com DDD 21) ou
0800 709 1900 (das demais cidades) ou
através do e-mail: pam@jmm.org.br


segunda-feira, 4 de julho de 2011

Pr. Fernando Brandão visita Lar Batista Esperança, em Curitiba

Segunda-feira, 27 de junho de 2011



Na primeira quinzena de junho, em sua passagem pela região sul do Brasil, o diretor executivo de Missões Nacionais, pastor Fernando Brandão, visitou uma das instituições sociais parceiras da JMN: o Lar Batista Esperança.

Coordenado pelo pastor Nathaniel Brandão, a instituição, que funciona em Curitiba (PR), abriga menores em situação de vulnerabilidade social. Além de um ambiente familiar, as crianças do Lar Batista Esperança encontram espaço para o desenvolvimento sócio-educativo por meio de projetos específicos. Até maio de 2010, passaram pelo Lar 536 crianças. Ao todo, são 22 anos transformando vidas.

Para mais informações sobre o Lar Batista Esperança, acesse www.lbe.org.br





domingo, 3 de julho de 2011

Projeto Fábrica de Esperança - Senegal



Médicos-Missionários a serviço dos senegaleses

O casal missionário Humberto (ortopedista e traumatologista) e Elisangela Chagas (dentista), juntamente com a missionária Andreia Chrisóstomo (auxiliar de enfermagem), desenvolvem seus ministérios amenizando o sofrimento do povo. O carro-chefe do Projeto Fábrica de Esperança é a área da Saúde. O médico e a cirurgiã dentista usam suas profissões para abençoar os senegaleses e atendem pessoas que não têm acesso nem condições de pagar por uma consulta. No país tudo é muito caro e, para ter acesso a algum tratamento de saúde, só mesmo pagando (as únicas exceções são o teste de HIV e de tuberculose).

Um lugar para os talibês
Umas das metas do Projeto Fábrica de Esperança é alcançar meninos de rua e talibês da faixa etária entre 5 e 18 anos de idade, proporcionando-lhes atividades e recursos para o desenvolvimento físico, moral, social e espiritual. Tudo isso para mostrar aos senegaleses, de forma concreta, a mensagem do Evangelho de Jesus Cristo.

A situação socioeconômica do Senegal, como de grande parte da África, é bastante limitada. Segundo dados do Unicef, cerca de 22% dos 12 milhões de habitantes vivem com menos de 2 Reais por dia e o número de pessoas socialmente vulneráveis predomina. Na capital Dacar as ruas lotadas de mercadores tornam a cidade um local de luta pela sobrevivência. Estima-se que 50% da população tenham menos de 18 anos de idade. A religião de 87% da população é o islamismo.

Resposta ao sofrimento do povo

As questões sociais se mesclam às espirituais e formam o cenário onde o Projeto Fábrica de Esperança tem trazido alívio e dignidade para muitas pessoas. É nesse contexto que os missionários brasileiros têm testemunhado da graça do Pai, especialmente às crianças.

Uma obrigação religiosa e cultural, bastante forte no país, é o ensino do Corão às crianças, feito por um marabu (líder religioso muçulmano). Por conta disso, muitos meninos - alguns com apenas três anos de idade - são enviados pelos pais para essas escolas, geralmente em outras cidades. Ali permanecem até os 15 anos, com pouco ou nenhum contato com a família. Esses meninos são chamados de talibês (discípulos). Eles passam o dia inteiro na rua, são obrigados a mendigar para o marabu, e sofrem maus-tratos se não conseguem dinheiro e donativos suficientes para seu mestre.

Expansão, uma urgência!
O Projeto Fábrica de Esperança já funciona com um pequeno centro médico-esportivo onde os missionários atendem crianças e adultos. Porém, a fim de atender às inúmeras necessidades dos senegaleses, a sua expansão é urgente. Por isso, a meta dos missionários é construir uma quadra poliesportiva, um centro médico, academia para reabilitação, um espaço para acolhimento de talibês e um local para cursos profissionalizantes. Assim, o amor vai sendo compartilhado com aqueles que precisam da graça do Pai.

O objetivo do Projeto Fábrica de Esperança é estar presente na comunidade, oferecendo atendimento médico e odontológico e atividade esportiva.

Necessidades da Fábrica de Esperança:
- Ampliação do espaço onde atualmente funciona o Projeto;
- Construção de uma quadra poliesportiva, um centro médico com quatro consultórios para atendimentos médicos e odontológicos;
- Construção de salas para: raio-x, enfermagem, fisioterapia, aulas, ateliês de artes, cursos profissionalizantes e um pequeno bloco cirúrgico;
- Uma casa para acolhimento e laboratório de prótese dentária;
- Academia para reabilitação e espaço para trabalho com meninos de rua, com área de lazer.

Ajude o Projeto Fábrica de Esperança com uma contribuição mensal ou dando uma oferta específica.

2122-1910 (de cidade com DDD 21) ou
0800 709 1900 (das demais cidades).
Ou através do e-mail: pam@jmm.org.br


sábado, 2 de julho de 2011

Culto de Gratidão em Pranchita

Escrito por Robson Olah



No último dia 25/06/2011, foi realizado um Culto de Gratidão a Deus pela reforma e pintura do templo da Frente Missionária em Pranchita. Participaram as Frentes Missionárias do Pólo do Sudoeste: Planalto, Pranchita, Realeza, Ampere, Santo Antonio do Sudoeste, Dionísio Cerqueira, Capanema e os jovens da PIB de Pato Branco. Tivemos o privilégio ter como preletor o Pastor Almir Bernardes dos Santos da CBP, juntamente com o Pastor Paulo Coutinho, irmã Fernanda e seu esposo Robinson.

Foi feito pintura externa e interna, reforma do forro, foi colocado piso na parte do púlpito, duas portas sanfonadas de PVC, luminárias novas, passamos verniz nos bancos e mesas, piso no banheiro, mesas e um conjunto de cozinha foram pintadas, bem como as calçadas e muros da igreja. Também foram colocadas duas placas.

O pólo do Sudoeste agradece por cada parceiro que contribuiu financeiramente e orou para a realização desta obra. Toda glória seja dada a Deus. “Sonho que se sonha sozinho é apenas um sonho. Sonho que sonhamos juntos se torna realidade” (Helena Kolody).







Campanha Missões Estaduais 2011 - (Paraná)

Campanha de Missões Estaduais 2011 - PARANÁ



Tema: JESUS, VIDA PLENA PARA A CIDADE

Divisa: "(...) Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente." (João 10:10b).

Hino oficial: MEU PARANÁ - Letra e Música: Pr.Adir Samuel da Costa (abril 2011)