sexta-feira, 12 de novembro de 2010

CIEM - Centro Integrado de Educação e Missões

História
O Centro Integrado de Educação e Missões tem uma abençoada história de 87 anos preparando servos de Deus para cumprir a missão que Deus deixou para o seu povo, de proclamar as Boas Novas de salvação em Cristo Jesus e ensinar a sua Palavra.

A sua inauguração se deu no dia 10 de março de 1922, como um Departamento do Colégio Batista Brasileiro e recebeu o nome de Escola Teológica para Obreiras com o objetivo de preparar moças para as várias atividades na igreja. O Jornal Batista de 23/03/1922, em sua edição nº 12 publica a seguinte nota: "A Escola Teológica para Obreiras Batistas fundada há dias, já está recebendo matrícula de muitas jovens. Poucos anos nos separam para vermos os resultados dessa novel instituição, pelo vasto campo brasileiro."

A 1ª turma de formandas em 1928, cujos nomes aparecem no livro do Curso Religioso do Colégio Batista Brasileiro, Escola de Obreiras, foi formada pelas alunas: Florentina Silva, Nicéia Miranda (mais tarde Nicéia Soren), Umbelina Ferreira e Waldemira Almeida (mais tarde Waldemira Mesquita). Essa formatura ocorreu no ano de 1928.

Em 1941, a Escola de Obreiras passou a ser administrada pela União Geral de Senhoras e no ano seguinte seu nome foi alterado para Instituto de Treinamento Cristão para Moças. Em abril de 1949 foi inaugurado o prédio do Instituto de Treinamento Cristão sob a direção da missionária Dorine Hawkins. Durante a sua administração, muitas alunas foram preparadas e vários melhoramentos foram efetuados, inclusive a construção do Auditório "Esther Silva Dias".

Em 1954 é inaugurada a Casa Batista da Amizade, com a finalidade de atender as carências sociais, emocionais e espirituais dos moradores do Morro do Encontro e adjacências. Através dos anos, muitas alunas serviram ao Senhor, como estagiárias na CBA, atendendo as crianças, dando aulas e evangelizando. Atualmente esta Instituição é administrada pela educadora Márcia Fernandes Kopanyshyn, formada pelo IBER.

Em 7 de dezembro de 1965, o nome do Instituto de Treinamento Cristão foi mudado para Instituto Batista de Educação Religiosa. Com a saída de Dorine Hawkins em 1976, a missionária Alma Elizabeth Oates assumiu a direção continuando o trabalho de Dorine. Durante a sua gestão foi inaugurado, em 1982, o prédio que recebeu o nome de Dorine Hawkins Stewart. Nesse prédio funcionam as salas de aula, a biblioteca e a administração.

Após 18 anos como diretora do IBER, Elizabeth Oates passou o cargo para uma brasileira e no dia 5 de março de 1995, a missionária Diana Maria Bonfim Minho, que trabalhava há 24 anos com a Junta de Missões Nacionais, assumiu a direção do IBER. Em julho de 1996 teve início o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Educação Religiosa.

Em 5 de agosto de 2002, a União Feminina Missionária Batista do Brasil decidiu, em assembléia nacional, que a Instituição ampliaria seu campo de preparo para formar missionários nacionais e internacionais, além de educadores religiosos. Mais uma vez, o nome da Instituição precisou ser adequado à sua função e passou a chamar-se CENTRO INTEGRADO DE EDUCAÇÃO E MISSÕES – CIEM. Foi convidada para assumir a direção da Instituição a missionária Maria Bernadete da Silva, com experiência na área de ensino e também no campo missionário. Parcerias com as Juntas de Missionárias da Convenção Batista Brasileira foram estabelecidas, adaptações foram feitas para acomodar também famílias e rapazes vocacionados. Neste ano, foram acrescidos cursos de missões em níveis de graduação e pós-graduação.

Ensino

Mais informações:
Centro Integrado de Educação e Missões
Rua Uruguai, 514 - Tijuca - Rio de Janeiro, RJ 
Tel.: (21) 2570-6793 - E-mail: ciem@ciem.org.br



Nenhum comentário: