terça-feira, 19 de outubro de 2010

Festa para crianças une famílias no Paraguai

Por Marcia Pinheiro 13 de outubro de 2010

O Dia das Crianças no Paraguai é comemorado antes que no Brasil. Por lá, a data é lembrada no dia 16 de agosto, no dia em que os paraguaios recordam a Batalha da Tríplice Aliança, quando muitos pequeninos foram mortos.

No PEPEPrograma de Educação Pré-Escolar – os alunos celebraram seu dia com muita festa e presentes; o que para muitos foi uma grande novidade por serem de famílias humildes ou sequer terem uma. Segundo a missionária Rejane do Nascimento, os olhos das crianças brilhavam diante das brincadeiras, lanches e presentes doados por vários voluntários. “No momento de orar, muitos queriam agradecer os feitos de Deus. A pureza e a sinceridade da oração dos pequenos comovem corações”, disse a missionária.

As crianças e adolescentes da igreja também ganharam presentes, que foram doados por famílias canadenses. Além de brinquedos, eles receberam materiais escolares, produtos de higiene pessoal, entre outras coisas. As doações foram tantas que a missionária Rejane pôde distribuir presentes também às crianças carentes da cidade de Itauguá, onde ela desenvolve a obra do Senhor.

Várias doações vieram da Igreja Batista em Nova Ramada/RS, que enviou presentes como carrinhos de madeira e bonecas de pano feitos pelos próprios irmãos.

O PEPE tem levado o amor de Deus a muitas famílias através das crianças. Um exemplo são os avós da menina Daniela Belén. Ela sofreu um grave acidente quando chegava em casa. Um portão caiu sobre o seu frágil corpo, deslocando seu quadril e provocando diversas escoriações. Segundo a missionária, a garota só não morreu porque Deus operou de forma milagrosa. Todos do PEPE oravam diariamente por sua recuperação. Hoje, Daniela já está recuperada e retornou às aulas.

“Sua família agradece e reconhece o milagre e o livramento do Senhor. Tivemos a oportunidade de falar do amor de Deus a esta família”, relata a missionária.

Os irmãos paraguaios aprendem a cada dia que devem assumir o papel de servos e que Deus pode fazer o impossível em suas vidas. Eles têm se dedicado mais à obra do Mestre, envolvendo-se nos trabalhos da igreja. Estão se esforçando para suprir as necessidades urgentes, como fizeram recentemente na compra de dois ventiladores para o templo que o ajudarão a enfrentar o calor de até 50º C que se anuncia.

Foi uma bênção o que alcançamos juntos. Louvamos o nosso Deus por mais essa conquista!


Nenhum comentário: