domingo, 28 de fevereiro de 2010

Terremoto devasta o centro-sul do Chile



Por Sérgio Dias 27 de fevereiro de 2010
.
Um terremoto de 8,8 graus, com duração de um minuto e meio, atingiu às 3h34m deste sábado (27/2) a região centro-sul do Chile. Até o momento, cerca de 700 pessoas morreram, segundo informações de agências de notícias internacionais. O tremor teve intensidade mais forte do que aquele que atingiu o Haiti em janeiro, deixando mais de 200 mil mortos.

As comunicações estão sendo restabelecidas e, por isso, ainda não há informações sobre os missionários de Missões Mundiais em Santiago. Os obreiros que atuam no Norte do país entraram em contato com o casal Pr. Silas e Aldair Gomes, que estão no Brasil em promoção, informando que apesar do susto nada de grave aconteceu com eles.

Devastação na capital Santiago
Com algumas áreas internas danificadas e vidros quebrados, o aeroporto internacional de Santiago foi fechado e todos os voos foram cancelados por pelo menos 24 horas. O tremor já é considerado o maior no país em 25 anos. A presidente do Chile, Michelle Bachelet, declarou estado de catástrofe e pediu que a população não saia às ruas.

O tremor foi sentido até no Brasil. A Defesa Civil de São Paulo recebeu mais de cem chamados, a partir das 3h, de várias regiões da capital, onde o abalo teria sido percebido. Moradores de Cascavel, no interior do Paraná, acordaram apavorados durante a madrugada e foram para as ruas com medo dos tremores.

Segundo o United States Geological Service (USGS, por sua sigla em Inglês), o terremoto teve seu epicentro a 35 quilômetros de profundidade, na região de Bio Bio, a cerca de 320 quilômetros ao sul da capital chilena, Santiago, e a 91 quilômetros ao norte de Concepción, a segunda maior cidade do país, que foi bastante atingida. Algumas horas depois, a região sofreu outros tremores de 6,2 graus. Um edifício de 15 andares e uma ponte velha ruíram, de acordo com a TV chilena.

Tsunamis podem atingiar até o Japão
O epicentro do terremoto aconteceu no mar e tsunamis são esperadas não só na costa chilena, mas em vários países banhados pelo Oceano Pacífico. Os governos americano, japonês, australiano, entre outros países asiáticos e das Américas, já emitiram alertas para os moradores da zona costeira para que deixem suas casas e partam rumo ao interior ou regiões montanhosas.

Ore
Ore pelos chilenos. O momento é de intercessão pelo difícil momento que o país está vivendo. Clame a Deus para que os missionários da JMM em Santiago estejam em segurança.
.


Nenhum comentário: