domingo, 13 de dezembro de 2009

Missões e Família (por Pr. Manoel Thé)

MISSÕES NACIONAIS 2004
.
As páginas bíblicas são ricas em exemplos para a família. As famílias cujos líderes aplicaram suas vidas no fazer a vontade de Deus foram abençoadas em todos os sentidos. Vamos a alguns exemplos. Temos a casa de Josué. Não nos consta que a prole de Josué tenha passado misérias materiais. Não nos consta também que Samuel, cuja vida foi totalmente separada para o serviço de Deus, tenha vivido também dificuldades materiais.

Essas afirmações devem suscitar uma pergunta: Por que o escritor destas linhas faz tais afirmações? A razão é bem simples. Ao longo de nossa vida temos contemplado pais e mães que distanciam seus filhos da consagração ao serviço do Senhor, julgando que se essa for a escolha deles, um destino de obscuridade, de pobreza e de marginalidade social lhes estará reservado. É um erro diabólico, pois além de não ser verdade, é exatamente o contrário que acontece.

Façamos agora uma afirmação mais categórica. Se um casal quer garantir o futuro dos filhos no sentido pleno da palavra, ou seja, que tenham boa conduta moral, espiritual, sucesso no casamento, finanças sob controle, e sendo esse casal um casal cristão, a coisa mais recomendável que devem fazer é tornar sua casa um centro de missões. Tal providência é infalível. Apresentemos algumas justificativas para tal afirmação.

Em primeiro lugar, tal medida contará com a bênção e aprovação divina. Se Deus nos envia a todos os povos como poderá negar-nos a bênção por obedecer-lhe? Isso seria contrariar-se a si mesmo, o que seria um absurdo acontecer com a pessoa de Deus. Em segundo lugar, promover Missões é algo imensurável em termos de ideologia, e sempre que uma ideologia sadia é colocada para nossos filhos suas forças se redobram. Em terceiro lugar isso lhes dá um propósito para viver. A maioria dos jovens que hoje entra nas drogas, nos vícios, porque não encontram sentido para a vida. Que sentido há em buscar riqueza, fama, posição social? Se tais coisas trouxessem sentido ao viver, os que as conquistaram não estariam nas páginas dos jornais como violadores da lei, como se vê acontecer. Para termos bem claro que o que afirmamos é verdade, leia o livro de Eclesiastes. Salomão, o seu autor, buscou riqueza, fama, sabedoria, ciência, e no final da vida escreve-nos avisando que tais buscas não dão sentido à vida. É isso o que ele quer dizer quando afirma; “Tudo é vaidade”.

E agora vamos ao fecho final. Quer garantir a honradez, a espiritualidade, e tudo que é bom para seus filhos? Introduza revistas missionárias em seu lar. Adote missionários para a oração. Leve seus filhos a adotarem com pequena quantia uma parceria missionária. Que cada um tenha o seu missionário para poder compartilhar com os demais da família as bênçãos que Deus derramou sobre seu missionário. Que o desafio torne-se uma questão pessoal para cada um. Que a reciclagem de materiais, que os cofres para guardar moedas, que tudo convirja para esse fim. O irmão nem pode imaginar o tamanho da bênção em assim agir! Não pode sequer imaginar os resultados saudáveis dessas medidas! O binômio “família - missões” veio de Deus, e Deus nunca erra. Deus não mandou um qualquer para morrer por nós. Mandou seu Filho. O exemplo começou no seio da família divina, começou no céu, e tudo que nos vem de lá é elevado, elevadíssimo mesmo! Lares de nossa igreja, vamos começar? Famílias, adotem já um missionário!
Pr. Manoel Thé
Igreja Batista Ebenézer, São Paulo, SP

Nenhum comentário: